(21-03-2017) 038-A-2017

21/03/2017 15:26

 

Dispõe sobre CONVOCAÇÃO de atletas e DIVULGAÇÃO de vagas recursos próprios para o 2017 Challenge Seamaster Brasil Open – Aberto do Brasil, que será realizado entre os dias 03 e 07 de maio de 2017, São Paulo, SP – BR.

 A Liderança de Seleções Brasileiras, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa, de acordo com o disposto no Estatuto desta Entidade, Art. 4º, alínea “c”, CONVOCA atletas recursos CBTM e DIVULGA vagas para atletas recursos próprios para participarem do 2017 Challenge Seamaster Brasil Open – Aberto do Brasil, que será realizado entre os dias 03 e 07 de maio de 2017, São Paulo, SP – BR.

 

1.     Atletas convocados com recursos CBTM: (05 melhores do Ranking Mundial + 1 Indicação Técnica):

 

Masculino:

 

  • TSUBOI Gustavo - SÃO CAETANO / SEEST / XIOM - SP
  • MATSUMOTO Cazuo - SÃO CAETANO / SEEST / XIOM - SP
  • CALDERANO Hugo- SÃO CAETANO / SEEST / XIOM – SP
  • JOUTI Eric - SÃO CAETANO / SEEST / XIOM – SP
  • MONTEIRO Thiago - ASSOCIAÇÃO ITAIENSE – SC

 

     Indicação Técnica:

  • VITOR ISHIY - SÃO CAETANO / SEEST / XIOM - SP

 

Feminino:

  • GUI Lin - SÂO BERNARDO / ASA / PALMEIRAS – SP
  • TAKAHASHI Bruna - SÃO CAETANO / SEEST / XIOM – SP

 

Indicação Técnica:

·       KUMAHARA Caroline - SÃO CAETANO / SEEST / XIOM - SP

​Comissão Técnica:

Técnicos: Jean René Mounié, Hugo Hoyama, Francisco Arado.

Coordenador Técnico: Lincon Yasuda

Líder de Seleções Brasileiras : Paula Emerenciano

 

  1. Vagas Recursos Próprios e Critérios:

 

           A inscrição é aberta para todos os atletas, caso haja mais interessados do que vagas, os critérios de escolha seguirão o previsto no Regulamento de Seleções:

a) Ranking Mundial

B) ranking nacional absoluto A

C) rating nacional

 Interessados enviar intenção de participação para o e-mail: edmilson@cbtm.org.br /lincon@cbtm.org.br / silmara@cbtm.org.br até o dia 30/03/2017.

A CBTM conta com o apoio da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério dos Esportes.

Este dispositivo passa a vigorar a partir da data de sua publicação.